quinta-feira, 28 de abril de 2016

Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP
Fonte: DETRAN/SP

quarta-feira, 20 de abril de 2016

CONDUZIR MOTOCICLETA, MOTONETA E CICLOMOTOR / DAS INFRAÇÕES

Artigo 244 do CTB - Capítulo XV - DAS INFRAÇÕES

CONDUZIR MOTOCICLETA, MOTONETA E CICLOMOTOR:

I - sem usar capacete de segurança com viseira ou óculos de proteção e vestuário de acordo com as normas e especificações aprovadas pelo CONTRAN;

II - transportando passageiro sem o capacete de segurança, na forma estabelecida no inciso anterior, ou fora do assento suplementar colocado atrás do condutor ou em carro lateral;

III - fazendo malabarismo ou equilibrando-se apenas em uma roda;

IV - com os faróis apagados;

V - transportando criança menor de sete anos ou que não tenha, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança:

Infração - gravíssima;
Penalidade - multa e suspensão do direito de dirigir;
Medida administrativa - Recolhimento do documento de habilitação;

VI - rebocando outro veículo;

VII - sem segurar o guidom com ambas as mãos, salvo eventualmente para indicação de manobras;

VIII – transportando carga incompatível com suas especificações ou em desacordo com o previsto no § 2º do art. 139-A desta Lei; (Redação dada pela Lei nº 12.009, de 2009)

IX – efetuando transporte remunerado de mercadorias em desacordo com o previsto no art. 139-A desta Lei ou com as normas que regem a atividade profissional dos moto taxistas: (Incluído pela Lei nº 12.009, de 2009)

Infração – grave; (Incluído pela Lei nº 12.009, de 2009)
Penalidade – multa; (Incluído pela Lei nº 12.009, de 2009)
Medida administrativa – apreensão do veículo para regularização. (Incluído pela Lei nº 12.009, de 2009)

§ 1º Para ciclos aplica-se o disposto nos incisos III, VII e VIII, além de:
a) conduzir passageiro fora da garupa ou do assento especial a ele destinado;
b) transitar em vias de trânsito rápido ou rodovias, salvo onde houver acostamento ou faixas de rolamento próprias;
c) transportar crianças que não tenham, nas circunstâncias, condições de cuidar de sua própria segurança.

§ 2º Aplica-se aos ciclomotores o disposto na alínea b do parágrafo anterior:
Infração - média;

§ 3º A restrição imposta pelo inciso VI do caput deste artigo não se aplica às motocicletas e motonetas que tracionem semirreboques especialmente projetados para esse fim e devidamente homologados pelo órgão competente.(Incluído pela Lei nº 10.517, de 2002)
Penalidade - multa.

Fonte: Código de Trânsito Brasileiro
Postado por Hozana Rodrigues

COMO TIRAR CNH PARA DIRIGIR ÔNIBUS OU CAMINHÃO?



COMO TIRAR CNH PARA DIRIGIR ÔNIBUS OU CAMINHÃO?

Para poder conduzir um veículo comercial de grande porte, existem três tipos de categorias de CNH (Carteira Nacional de Habilitação): “C” / “D” / “E”.

CATEGORIA CNH "C": permite que o motorista conduza somente veículo de carga com PBT (Peso Bruto Total) acima de 3.500 quilos – é proibido o transporte de passageiros. Porém, muitos veículos de carga de pequeno porte com PBT de até 3.500 quilos (como é o caso das vans) podem ser guiados por motoristas com categoria "B" – a mesma que permite a condução de automóveis –, o que deixa em baixa a demanda pela CNH "C".

CATEGORIA CNH “D”: direcionada para quem conduz veículos automotores destinados ao transporte de passageiros acima de oito pessoas (excluindo o motorista), no caso ônibus e micro-ônibus.

CATEGORIA CNH "E": contempla os caminhões, os veículos que fazem transporte de carga articulados (normalmente o reboque e semirreboque) e que tenham mais de seis toneladas.

HABILITAÇÃO > Mudança de Categoria
Chama-se Mudança de Categoria quando o condutor é habilitado para veículos:
• na categoria B no mínimo há um ano e pretende habilitar-se para a categoria C
• na categoria B no mínimo há dois anos e pretende habilitar-se para a categoriaD
• na categoria C no mínimo há um ano e pretende habilitar-se para a categoria D
• na categoria C no mínimo há um ano, tem 21 anos, e pretende habilitar-se para a categoria E
Capítulo XIV - DA HABILITAÇÃO - CTB
Art. 143
Os candidatos poderão habilitar-se nas categorias de A a E, obedecida a seguinte gradação:

I - Categoria A - condutor de veículo motorizado de duas ou três rodas, com ou sem carro lateral;

II - Categoria B - condutor de veículo motorizado, não abrangido pela categoria A, cujo peso bruto total não exceda a três mil e quinhentos quilogramas e cuja lotação não exceda a oito lugares, excluído o do motorista;

III - Categoria C - condutor de veículo motorizado utilizado em transporte de carga, cujo peso bruto total exceda a três mil e quinhentos quilogramas;

IV - Categoria D - condutor de veículo motorizado utilizado no transporte de passageiros, cuja lotação exceda a oito lugares, excluído o do motorista;
V - Categoria E - condutor de combinação de veículos em que a unidade tratora se enquadre nas categorias B, C ou D e cuja unidade acoplada, reboque, semirreboque, trailer ou articulada tenha 6.000 kg (seis mil quilogramas) ou mais de peso bruto total, ou cuja lotação exceda a 8 (oito) lugares. (Redação dada pela Lei nº 12.452, de 2011)

§ 1º Para habilitar-se na categoria C, o condutor deverá estar habilitado no mínimo há um ano na categoria B e não ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima, ou ser reincidente em infrações médias, durante os últimos doze meses.

§ 2º  São os condutores da categoria B autorizados a conduzir veículo automotor da espécie motor-casa, definida nos termos do Anexo I deste Código, cujo peso não exceda a 6.000 kg (seis mil quilogramas), ou cuja lotação não exceda a 8 (oito) lugares, excluído o do motorista. (Incluído pela Lei nº 12.452, de 2011)

§ 3º Aplica-se o disposto no inciso V ao condutor da combinação de veículos com mais de uma unidade tracionada, independentemente da capacidade de tração ou do peso bruto total. (Renumerado pela Lei nº 12.452, de 2011)

Para mudar de categoria de habilitação, é preciso obedecer a exigências da legislação de trânsito. De acordo com o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran/SP), é necessário ter 21 anos de idade e um ano de carteira para o motorista da categoria "B" mudar para a "C".

Caso você não queira fazer a categoria "C", é necessário estar habilitado na categoria "B" no mínimo há 2 anos para obter a "D", além de ser aprovado em curso especializado (dado por um CFC – Centro de Formação de Condutores) e em treinamento de prática veicular em situação de risco.

Na categoria "E", também há duas situações para obtê-la: caso você tenha obtido a "D" a partir da "B", deve estar habilitado no mínimo há um ano na "D". Mas, se você tirou a "D" a partir da "C", pode solicitar diretamente a categoria "E", sem necessidade de prazo de um ano na qualificação anterior. Porém, também é obrigatória a aprovação em curso especializado e em treinamento de prática veicular em situação de risco. Vale ressaltar que, em todas as situações descritas acima, o pretendente a mudar de categoria não deve ter cometido nenhuma infração grave ou gravíssima, nem ser reincidente em infrações médias durante os últimos 12 meses.

Seja qual for a categoria desejada, o interessado deverá passar por exame médico e psicotécnico, 15 aulas de direção e uma prova prática.
Fontes: Mauro Cassane/MM Editorial (Foto: divulgação); DETRAN/SP; DETRAN/SC; CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO - CTB

SUBSTITUIÇÃO DA PERMISSÃO PARA DIRIGIR (PPD) PELA CNH DEFINITIVA

SUBSTITUIÇÃO DA PERMISSÃO PARA DIRIGIR (PPD) PELA CNH DEFINITIVA

Documento que substitui a Permissão para dirigir vencida de motorista considerado apto.

Após a data de vencimento da Permissão para dirigir (PPD), o motorista ainda pode usá-la por 30 dias, enquanto providencia a CNH definitiva.

Validade: de no máximo de 4 anos (já descontado 1 ano da Permissão para dirigir). É definida pelo exame médico.

Condições

Ter permissão para dirigir com foto em situação regular (nem suspensa, nem cassada).
Ter permissão para dirigir com validade vencida.
Ter exame de aptidão física e mental ainda no prazo de validade.
Não ter cometido infração de natureza gravíssima (7 pontos), grave (5 pontos) ou mais de uma média (4 pontos) no período de 1 ano. Veja sua pontuação aqui

Mais informações CFC MODELO (19) 3935-8110


Atenção!

Um dia após o vencimento da sua permissão para dirigir, já é possível solicitar a CNH definitiva.

Referencia: Detran/SP
Postado por Hozana Rodrigues

terça-feira, 19 de abril de 2016

CNH - CATEGORIAS - A - B - D - E - PRECISA DE HABILITAÇÃO PARA DIRIGIR MOTO / CARRO / ÔNIBUS - AUTOESCOLA MODELO

VISITE O BLOG CFC MODELO INDAIATUBA-SP
http://autoescolamodeloindaiatubasp.blogspot.com.br/

SEJA NOSSO ALUNO!! AUTOESCOLA CFC MODELO – LIGUE (19) 3935-8110



SEJA NOSSO ALUNO!!
AUTOESCOLA CFC MODELO – LIGUE (19) 3935-8110
PERMISSÃO PARA DIRIGIR (1ª HABILITAÇÃO) – PASSO-A-PASSO
INFORMAÇÕES AUTOESCOLA CFC MODELO (19) 3935-8110
Primeiro documento de habilitação para candidatos aprovados nas categorias
·        A (motocicleta e veículos similares),
·        B (automóvel e veículos semelhantes),
·        A e B (motocicleta, automóvel e veículos semelhantes.
Validade: 01 (UM) ANO
CONDIÇÕES
Ser penalmente imputável (ter 18 anos e compreender as consequências de seus atos, podendo ser responsabilizado penalmente por eles).
Saber ler e escrever em português.
·        Ter documento de identidade (RG) com foto atual.
·        CPF próprio.
·        Comprovante de endereço

QUEM SOLICITA: INFORMAÇÕES NA CFC – AUTOESCOLA MODELO (19) 3935-8110
Passo a Passo                                  
·        EXAME MÉDICO
Faça o exame médico (aptidão física e mental)
Atenção!
A taxa de cada exame é paga diretamente ao médico e ao psicólogo.

·        CURSO TEÓRICO
Faça o curso teórico de 45 horas-aula. A autoescola emitirá o certificado de conclusão do curso, que permite marcar o exame teórico.
Aulas no simulador
·        PROVA TÉORICA
Faça a prova teórica no local, dia e horário marcados.
Se for reprovado na prova teórica, o candidato deve aguardar quinze dias para pagar novamente a taxa de exame e remarcar a prova na unidade de atendimento onde o processo de Permissão para Dirigir está cadastrado.

·        CURSO PRÁTICO
Depois de aprovado na prova teórica, entre em contato com a autoescola CFC MODELO.(19) 3935-8110
A autoescola irá imprimir a Licença de Aprendizagem de Direção Veicular (LADV). Com ela, você pode iniciar o curso de direção veicular na categoria pretendida:
           categoria A (motocicletas e veículos similares): no mínimo 20 horas/aula.
           categoria B (automóvel): no mínimo 25 horas/aula.
Após a conclusão do curso, a autoescola CFC MODELO (19) 3935-8110 deverá marcar o exame prático.
             
·        PROVA PRÁTICA
Pague a taxa de exame prático e faça a prova prática no local, dia e horário marcados, no veículo da autoescola CFC MODELO.
Se for reprovado no exame prático, o candidato deve aguardar quinze dias para pagar novamente a taxa de exame. Após o pagamento da taxa, a autoescola CFC MODELO poderá remarcar a prova na unidade de atendimento onde o processo de Permissão para Dirigir está cadastrado.
SEJA NOSSO ALUNO!!
AUTOESCOLA CFC MODELO – LIGUE (19) 3935-8110
Referência para elaboração do texto: Detran/SP.