quinta-feira, 31 de agosto de 2017

”Aprender a dirigir não faz de você um motorista. Aprender a respeitar a vida faz”.

Detran.SP lança campanha que destaca a importância da formação dos futuros motoristas

Com o tema ”Aprender a dirigir não faz de você um motorista. Aprender a respeitar a vida faz”, órgão lança nova tecnologia de biometria com “dedo vivo” para combater irregularidades e reforçar a importância da formação para um trânsito mais seguro.
Muita gente que sai em busca da tão sonhada Carteira Nacional de Habilitação (CNH) pensa na independência e na liberdade de ir e vir que o documento representa. Mas essa liberdade é, na verdade, uma grande responsabilidade – e que envolve a vida de muita gente. Por isso, o processo de habilitação é muito importante e exige total seriedade de todos os envolvidos, candidatos e seus formadores. Reforçar que a formação dos futuros motoristas está diretamente ligada à segurança no trânsito é o objetivo da nova campanha do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (Detran.SP), que tem como tema ”Aprender a dirigir não faz de você um motorista. Aprender a respeitar a vida faz”.
A principal ação do Detran de São Paulo dentro da campanha é a adoção de uma inovação tecnológica para coibir a evasão dos alunos nas aulas teóricas e práticas, principal irregularidade encontrada pelo órgão em suas fiscalizações. Por meio da leitura biométrica de “dedo vivo”, o sistema é capaz de “reconhecer” o dedo humano, evitando assim tentativas de fraude como os dedos de silicone para registrar a chegada e a saída do aluno no sistema e-CNHsp, por meio do qual o órgão faz o rastreamento das etapas do processo de habilitação.
A partir do dia 18 de setembro, todos os parceiros envolvidos no processo de habilitação (autoescolas, médicos e psicólogos) terão de dispor do novo equipamento, já que o sistema do Detran.SP não aceitará mais dispositivos do tipo comum. A biometria é usada para identificar os candidatos e os profissionais (instrutores, médicos e psicólogos) em aulas e avaliações médicas.
Nos últimos anos, o Detran.SP vem intensificado ações de fiscalização, formação e educação. “A fiscalização é muito importante para coibir o desrespeito às leis de trânsito. E em relação à formação do condutor, é preciso sempre aprimorá-la, torná-la cada vez mais eficiente. Já a educação ajuda a mudar o comportamento das pessoas”, afirma o diretor-presidente do Detran.SP, Maxwell Vieira.
A foca está de volta
Quem passa a mensagem da nova campanha é a foca, mascote que ficou famosa durante o “Maio Amarelo”. A ação vai contar com cartazes e flyers nos postos do Detran.SP, Poupatempo e autoescolas, além de um vídeo que vai ser assistido por todos os candidatos à 1ª CNH antes do início da prova teórica eletrônica e uma cartilha de boas-vindas que será entregue junto com a Permissão para Dirigir aos novos motoristas.

Fonte DETRAN SP
28 de agosto de 2017 | 13h59



quarta-feira, 30 de agosto de 2017

Semana Nacional do Trânsito de 18 a 25 de setembro

PRESERVE A VIDA

PROVA PRÁTICA - dicas

fonte detransp

INFRAÇÕES LEVES (R$ 88,38 x número de vezes de multa da infração)



INFRAÇÕES LEVES (R$ 88,38 x número de vezes de multa da infração)

– Transitar na faixa/pista da direita, quando esta para a circulação exclusiva: Multa de 50 UFIR (R$ 88,38)
– Estacionar afastado da guia de 50 cm a 1 metro: Multa de (R$ 88,38) e remoção
– Estacionar em desacordo com uma regulamentação (Zona Azul, Táxi etc.): Multa de (R$ 88,38) e remoção
– Parar no passeio/calçada: Multa de 50 UFIR (R$ 88,38)
– Use buzina prolongada e sucessivamente a qualquer pretexto: Multa de (R$ 88,38)
– Dirigir-se sem cuidados ou cuidados indispensáveis à segurança: Multa de (R$ 88,38)

FONTE DENATRAN MINISTÉRIO DAS CIDADES

INFRAÇÕES MÉDIAS (R$ 130,16 x número de vezes de multa da infração)

INFRAÇÕES MÉDIAS (R$ 130,16 x número de vezes de multa da infração)

– Parar sobre a faixa de pedestres, na mudança de sinal luminoso (semáforo): Multa (R$ 130,16)
– Parar na área de cruzamento, prejudicando demais veículos e pedestres: Multa (R$ 130,16)
– Transitar em local/horários não permitidos: Multa  (R$ 130,16)
– Não conservar o veículo de grande porte na faixa da direita: Multa de 80 UFIR (R$ 130,16)
– Não deslocar com antecedência para manobrar à direita ou à esquerda: Multa de 80 UFIR (R$ 130,16)
– Veículo parado na via falta de combustível: Multa de 80 UFIR (R$ 130,16) e remoção
– Transitar em Velocidade superior em até 20% à máxima permitida: Multa de (R$ 130,16)
– Estacionar a menos de 5 metros da esquina (alinhamento da transversal): Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Estacionar diante de guia rebaixada: Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Estacionar diante de pontos de transporte coletivo: Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Estacionar/parar na contra-mão da direção: Multa de (R$ 130,16)
– Estacionar em local/horário proibido pela sinalização: Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Parar veículo afastado da guia (+ de 1 metrô): Multa de 80 UFIR (R$ 130,16)

INFRAÇÕES GRAVES (R$ 195,23 x número de vezes de multa da infração)

INFRAÇÕES GRAVES (R$ 195,23 x número de vezes de multa da infração)

– Transitar pela contramão em via de sentido duplo: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar com caminhão / ônibus em locais e horários não permitidos: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar na faixa / pista exclusiva: Multa de (R$ 195,23)
– Efetuar conversões em local proibido: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar em marcha a ré, salvo em pequenas manobras: Multa de (R$ 195,23)
– Estacionar em fila dupla: Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Estacionar afastado da guia (+ de 1 metro): Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Estacionar um passeio ou andar sobre uma faixa de pedestres: Multa de R$ 195,23 e remoção
– Estacionar ao lado ou sobre o canteiro central, ilhas, refúgios ou equipas: Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Estacionar em local / horário com proibição de parar e estacionar: Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Transitar com veículo com altura acima da permitida: Multa de (R$ 195,23)
– Não usar cinto de segurança (condutor e passageiros): Multa de (R$ 195,23) e retenção do veículo
– Seguir o serviço de urgência com prioridade de passagem: Multa de (R$ 195,23)
– Deixar de indicar com antecedência, através de um gesto regulamentar de braço ou luz indicadora, o início da marcha, estacionamento, mudança de direção ou de faixa de circulação: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar com farol desregulado ou com o facho de luz alto ofuscando os demais condutores: Multa de 120 UFIR (R$ 195,23) e retenção do veículo para regularização
– Transitar com produzir produzindo fumaça, gases ou partículas acima dos níveis admitidos: Multa de 120 UFIR (R$ 195,23) e retenção do veículo para regularização
– Transitar em Velocidade superior de 20% a 50% à máxima permitida: Multa de (R$ 195,23)
– Estacionar um passeio ou andar sobre uma faixa de pedestres: Multa de (R $195,23)
– Dirigir em mau estado de conservação, comprometendo a segurança: Multa (R$ 195,23) e retenção do veículo para regularização.

FONTE DENATRAN E MINISTÉRIO DAS CIDADES

INFRAÇÕES GRAVÍSSIMAS (R$ 293,47 x número de vezes de multa da infração)

INFRAÇÕES GRAVÍSSIMAS (R$ 293,47 x número de vezes de multa da infração)

– Avançar sinal vermelho do semáforo: Multa de R$ 293,47
– Transitar em sentido oposto ao estabelecido: Multa de R$ 293,47
– Transitar em calçadas, passeios e passarelas: Multa de (R$ 880,41)
– Transitar em canteiro central, ilhas, refúgios, marcas de canalização, acostamento: Multa de (R$ 880,41)
– Transitar derramando, lançando ou arrastando carga transportada: Multa de (R$ 293,47) e retenção do veículo
– Executar retorno em local proibido pela sinalização: Multa de (R$ 293,47)
– Avançar ou sinal de Parada Obrigatória, cancela/áreas especiais: Multa de (R$ 293,47)
– Velocidade incompatível à intensa circulação de pedestres: Multa de (R$ 293,47)
– Dirigir sem CNH: Multa de R $ 293,47 e apreensão do veículo
– Dirigir com CNH Vencida: Multa de R $ 293,47 * retenção da carteira e do veículo
– Dirigir sob influência de álcool (ou de qualquer substância entorpecente): Multa de R $ 2934,70 e suspensão do direito de dirigir
– Levar menor de 10 anos sem banco da frente: Multa  (R$ 293,47 e retenção do veículo
– Disputar “racha”: Multa de 540 UFIR (R$ 880,41) e apreensão do veículo
– Transitar em velocidade superior em 50% à máxima permitida: Multa de R$ 293,47 e suspensão do direito de dirigir
– Motorista envolvido em  acidente não prestar socorro à vítima Multa de (R$ 880,41) e suspensão do direito de dirigir
– Dirigir ameaçando os pedestres que atravessam uma rua ou outro carro: Multa de R $ 293,47 suspensão do direito de dirigir, recolhimento da habilitação e retenção do veículo.

FONTE DENATRAN E MINISTÉRIO DAS CIDADES

CUIDADO COM AS MULTAS! VEJA TABELA 2017

TABELA DE MULTAS 2017 – Valores e Tipos de Infrações Atualizados

TABELA DE MULTAS 2017 – Valores e Tipos de Infrações Atualizados

Se você já tirou sua carteira de habilitação, aqui vai um teste: quantos pontos o condutor que dirige embriagado leva na carteira?
E qual o valor da multa, você sabe?
Apesar de ser uma situação muito comum dirigir após ter ingerido bebida alcoólica, o Código de Trânsito Brasileiro proíbe essa conduta que, a depender do resultado, pode até se tornar crime.
Segundo o artigo 165 do CTB, dirigir sob influência de álcool é considerada infração gravíssima que leva a suspensão do direito de dirigir por 1 ano.
Já a multa, conforme tabela oficial de 2017, chega a R$2.934,70!
Continue lendo para ter acesso a tabela oficial atualizada com os valores das multas de trânsito.

1- O QUE É INFRAÇÃO DE TRÂNSITO

Quando alguém não observa qualquer preceito do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), da legislação complementar ou das resoluções do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito), fica caracterizada a infração de trânsito.
A comprovação da infração pode ser feita por declaração de Autoridade de Trânsito, por aparelho eletrônico, por algum dispositivo audiovisual ou por qualquer meio tecnologicamente disponível.
Para evitar qualquer tipo de penalidade, basta seguir atentamente as orientações de trânsito nas ruas e ter sempre em mente o que foi aprendido nas aulas de legislação de trânsito e afins.

2- COMO O CTB TRATA AS INFRAÇÕES DE TRÂNSITO?

No CTB, além das normas de circulação, estão relacionados alguns artigos que dizem respeito às infrações de trânsito.
As principais  infrações cometidas são o excesso de velocidade e o fato de não se respeitar a sinalização.
O CTB prevê penalidades como a advertência por escrito, multa, suspensão do direito de dirigir, apreensão do veículo, cassação da CNH (Carteira Nacional de Habilitação) e a obrigatoriedade de frequentar um curso de reciclagem.
A medida administrativa é o ato praticado pelas autoridades de trânsito a fim de impor pena (punição), seguindo as normas e procedimentos estabelecidos pelo Sistema Nacional de Trânsito. São elas:
  • Remoção do veículo
  • Retenção do veículo
  • Recolhimento da CNH
  • Recolhimento da permissão para dirigir
  • Recolhimento do Certificado de Registro
  • Recolhimento do Certificado do Licenciamento Anual
  • Transbordo do excesso de carga
  • Aplicação do bafômetro
  • Perícia de substância entorpecente e a posterior restituição aos proprietários, após o pagamento das multas e encargos relacionados à infração.
Já as infrações são punidas com multa estão divididas em 4 categorias, de acordo com a gravidade. São elas:
  • Infração de natureza gravíssima (onde o condutor perde 7 pontos na carteira), punida com o pagamento de 180 UFIR (Unidade Fiscal de referência, cujo valor é variável)
  • Infração de natureza grave (o condutor perde 5 pontos na carteira) onde o motorista paga multa equivalente a 120 UFIR
  • Infração de natureza média (o condutor perde 4 pontos na carteira) e o motorista paga valor referente a 80 UFIR
  • Infração de natureza leve (o motorista perde 3 pontos na carteira) e é obrigado a pagar um valor referente a 50 UFIR.

3- TABELA OFICIAL DE VALORES DE MULTA DE TRÂNSITO

Confira abaixo os novos valores de multas para infrações de trânsito, que passaram a vigorar a partir de 01/11/2016.
ATENÇÃO: O valor da multa é X, mas dependendo da infração ele pode ser multiplicado em até 10x. Não esqueça de fazer essa conta baseada na infração que cometeu, ok?!

3.1 INFRAÇÕES GRAVÍSSIMAS (R$ 293,47 x número de vezes de multa da infração)

– Avançar sinal vermelho do semáforo: Multa de R$ 293,47
– Transitar em sentido oposto ao estabelecido: Multa de R$ 293,47
– Transitar em calçadas, passeios e passarelas: Multa de (R$ 880,41)
– Transitar em canteiro central, ilhas, refúgios, marcas de canalização, acostamento: Multa de (R$ 880,41)
– Transitar derramando, lançando ou arrastando carga transportada: Multa de (R$ 293,47) e retenção do veículo
– Executar retorno em local proibido pela sinalização: Multa de (R$ 293,47)
– Avançar ou sinal de Parada Obrigatória, cancela/áreas especiais: Multa de (R$ 293,47)
– Velocidade incompatível à intensa circulação de pedestres: Multa de (R$ 293,47)
– Dirigir sem CNH: Multa de R $ 293,47 e apreensão do veículo
– Dirigir com CNH Vencida: Multa de R $ 293,47 * retenção da carteira e do veículo
– Dirigir sob influência de álcool (ou de qualquer substância entorpecente): Multa de R $ 2934,70 e suspensão do direito de dirigir
– Levar menor de 10 anos sem banco da frente: Multa  (R$ 293,47 e retenção do veículo
– Disputar “racha”: Multa de 540 UFIR (R$ 880,41) e apreensão do veículo
– Transitar em velocidade superior em 50% à máxima permitida: Multa de R$ 293,47 e suspensão do direito de dirigir
– Motorista envolvido em acidente não prestar socorro à vítima Multa de (R$ 880,41) e suspensão do direito de dirigir
– Dirigir ameaçando os pedestres que atravessam uma rua ou outro carro: Multa de R $ 293,47 suspensão do direito de dirigir, recolhimento da habilitação e retenção do veículo.

3.2 INFRAÇÕES GRAVES (R$ 195,23 x número de vezes de multa da infração)

– Transitar pela contramão em via de sentido duplo: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar com caminhão / ônibus em locais e horários não permitidos: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar na faixa / pista exclusiva: Multa de (R$ 195,23)
– Efetuar conversões em local proibido: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar em marcha a ré, salvo em pequenas manobras: Multa de (R$ 195,23)
– Estacionar em fila dupla: Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Estacionar afastado da guia (+ de 1 metro): Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Estacionar um passeio ou andar sobre uma faixa de pedestres: Multa de R$ 195,23 e remoção
– Estacionar ao lado ou sobre o canteiro central, ilhas, refúgios ou equipas: Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Estacionar em local / horário com proibição de parar e estacionar: Multa de (R$ 195,23) e remoção
– Transitar com veículo com altura acima da permitida: Multa de (R$ 195,23)
– Não usar cinto de segurança (condutor e passageiros): Multa de (R$ 195,23) e retenção do veículo
– Seguir o serviço de urgência com prioridade de passagem: Multa de (R$ 195,23)
– Deixar de indicar com antecedência, através de um gesto regulamentar de braço ou luz indicadora, o início da marcha, estacionamento, mudança de direção ou de faixa de circulação: Multa de (R$ 195,23)
– Transitar com farol desregulado ou com o facho de luz alto ofuscando os demais condutores: Multa de 120 UFIR (R$ 195,23) e retenção do veículo para regularização
– Transitar com produzir produzindo fumaça, gases ou partículas acima dos níveis admitidos: Multa de 120 UFIR (R$ 195,23) e retenção do veículo para regularização
– Transitar em Velocidade superior de 20% a 50% à máxima permitida: Multa de (R$ 195,23)
– Estacionar um passeio ou andar sobre uma faixa de pedestres: Multa de (R $195,23)
– Dirigir em mau estado de conservação, comprometendo a segurança: Multa (R$ 195,23) e retenção do veículo para regularização.

3.3. INFRAÇÕES MÉDIAS (R$ 130,16 x número de vezes de multa da infração)

– Parar sobre a faixa de pedestres, na mudança de sinal luminoso (semáforo): Multa (R$ 130,16)
– Parar na área de cruzamento, prejudicando demais veículos e pedestres: Multa (R$ 130,16)
– Transitar em local/horários não permitidos: Multa  (R$ 130,16)
– Não conservar o veículo de grande porte na faixa da direita: Multa de 80 UFIR (R$ 130,16)
– Não deslocar com antecedência para manobrar à direita ou à esquerda: Multa de 80 UFIR (R$ 130,16)
– Veículo parado na via falta de combustível: Multa de 80 UFIR (R$ 130,16) e remoção
– Transitar em Velocidade superior em até 20% à máxima permitida: Multa de (R$ 130,16)
– Estacionar a menos de 5 metros da esquina (alinhamento da transversal): Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Estacionar diante de guia rebaixada: Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Estacionar diante de pontos de transporte coletivo: Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Estacionar/parar na contra-mão da direção: Multa de (R$ 130,16)
– Estacionar em local/horário proibido pela sinalização: Multa de (R$ 130,16) e remoção
– Parar veículo afastado da guia (+ de 1 metrô): Multa de 80 UFIR (R$ 130,16)

3.4 INFRAÇÕES LEVES (R$ 88,38 x número de vezes de multa da infração)

– Transitar na faixa/pista da direita, quando esta para a circulação exclusiva: Multa de 50 UFIR (R$ 88,38)
– Estacionar afastado da guia de 50 cm a 1 metro: Multa de (R$ 88,38) e remoção
– Estacionar em desacordo com uma regulamentação (Zona Azul, Táxi etc.): Multa de (R$ 88,38) e remoção
– Parar no passeio/calçada: Multa de 50 UFIR (R$ 88,38)
– Use buzina prolongada e sucessivamente a qualquer pretexto: Multa de (R$ 88,38)
– Dirigir-se sem cuidados ou cuidados indispensáveis à segurança: Multa de (R$ 88,38)
ATENÇÃO: o artigo acompanha a lei na data da sua publicação, para conferir a versão atualizada, veja o Código de Trânsito Brasileiro na íntegra clicando aqui.

FONTE https://eutenhodireito.com.br/tabela-2017-valores-tipos-multa-de-transito/

terça-feira, 29 de agosto de 2017

Bafômetro x Samsung

Fonte UOL
https://tecnologia.uol.com.br/noticias/efe/2017/08/18/sonho-de-consumo-samsung-faz-patente-de-bafometro-integrado-a-celular.htm

CNH-e Digital

Fonte UOL
https://tecnologia.uol.com.br/noticias/redacao/2017/08/28/cnh-digital-novidade-para-motoristas-ja-pode-ser-baixada-no-celular.htm


sábado, 19 de agosto de 2017

INSTRUTORES CAPACITADOS


VENHA TIRAR SUA CNH NO CFC MODELO


VEM PRA O CFC MODELO - CNH


ALUNAS APROVADAS NO EXAME PRÁTICO

INSTRUTOR WLADIMIR
ALUNAS APROVADAS NO EXAME PRÁTICO

INSTRUTORA CAMILA MAIA


ALUNOS APROVADOS EXAME PRÁTICO

INSTRUTORA CAMILA MAIA

PONTOS CEGOS DOS RETROVISORES


CNH É NA MODELO


Para evitar acidentes, motociclistas evitem os chamados ponto cego.

Para evitar acidentes, motociclistas evitem os chamados ponto cego.

INSTRUTOR NOTA 10 CFC MODELO

Muita competência, paciência e dedicação em sua função # instrutor de primeira # responsabilidade no trânsito # porumtransitomelhor # CFC MODELO sentindo-se agradecido.

EXAME PRÁTICO DE MOTO

Exame Prático de Moto , Parabéns à todos os alunos 👏👏👏👏 , ótimo trabalho do instrutor Fernando José dos Santos, #vempraAutoescolaModelo#TeBuscaEmCasa# ObrigadopelaConfianca# em CETH - Centro Educacional de Trânsito Honda.

https://www.facebook.com/modeloautoescolaindaia/

Visite e curta nossa página no Facebook
https://www.facebook.com/modeloautoescolaindaia/

TIPOS DE PNEUS - AUTOESPORTE

Auto Esporte - Cuidado com a Pressão dos Pneus - 01-05-2011

AutoEsporte - Aquaplanagem 01abr2012 - César Urnhani.wmv

[Auto Esporte] Como fazer uma baliza perfeita - 29/12/2013 (60fps)

Programa Observar - Frenagem de motos

Honda Dicas de Trânsito Corredor

Honda Dicas de Trânsito Técnicas de Frenagem

Pilotagem Defensiva - Carreta

0 -Aprenda regular o retrovisor do carro.wmv

Como regular corretamente o retrovisor de seu carro.

[Auto Esporte] Como fazer uma baliza perfeita - 29/12/2013 (60fps)

Novo padrão de baliza para a categoria B

Dica detransp.... Como transportar crianças com segurança de 7 anos e meia a 10 anos de idade

fonte detransp

Dica detransp.... Como transportar crianças com segurança de 4 a 7 anos

fonte detransp

Dica detransp.... Como transportar crianças com segurança DE 1 A 4 ANOS

FONTE DETRANSP

Dica detransp.... Como transportar crianças com segurança da maternidade até 01 ano de idade

FONTE DETRANSP

sexta-feira, 4 de agosto de 2017

Comissão especial aguarda parecer final do relator sobre novo código de trânsito

Comissão especial aguarda parecer final do relator sobre novo código de trânsito

Comissão especial da Câmara dos Deputados que propõe um novo código de trânsito aguarda parecer final do relator. O projeto (PL 8085/14) veio do Senado e, se aprovado sem modificações, poderá seguir para a sanção presidencial.
Segundo o presidente da comissão especial, deputado Cacá Leão, do PP da Bahia, o objetivo da proposta é modernizar o Código de Trânsito Brasileiro (9.503, de 23 de setembro de 1997).
"Essa comissão que foi formada tem a menção e a função de fazer com que a gente traga para os dias atuais o nosso Código de Trânsito Brasileiro, e expressar realmente o que é e o que se faz necessário para que a gente consiga conviver em harmonia com o nosso trânsito. Então, o foco da reforma do código de trânsito está nesse segmento, mas também na modernização da legislação, na regulamentação da questão da indústria das multas, porque isso também é um problema muito sério que o povo brasileiro convive e tem visto em diversos segmentos."
Cacá Leão também defende penas mais duras para algumas infrações de trânsito.
"A gente foca bastante na questão do enrijecimento das punições. A gente precisa ter leis de trânsito mais duras para quem bebe e dirige, para quem excede os limites de velocidade e para quem comete infrações no trânsito. Afinal, o automóvel, o carro e a moto são também uma arma bastante perigosa."
Em setembro deste ano, o Código de Trânsito Brasileiro completa 20 anos. Ao longo desse tempo, ele já recebeu mudanças como a introdução da Lei Seca (11.705/08) e a punição para quem dirige com telefone celular na mão (Lei 13.281/16).
Reportagem - Alex Akira
 
FONTE http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/RADIOAGENCIA/538581-COMISSAO-ESPECIAL-AGUARDA-PARECER-FINAL-DO-RELATOR-SOBRE-NOVO-CODIGO-DE-TRANSITO.html 

VELOCIDADE NAS PISTAS....



FAIXA DA DIREITA PARA VEÍCULOS MAIS LENTOS


ACENDA OS FAROIS


PRESSA NA ESTRADA? CUIDADO!


RESPEITO AOS PEDESTRES


Comissão aprova proposta que regulamenta uso de radares fixos e móveis em rodovias e áreas urbanas

Comissão aprova proposta que regulamenta uso de radares fixos e móveis em rodovias e áreas urbanas

Proposta ainda vai ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça
A Comissão de Viação e Transportes da Câmara aprovou proposta (PL 3340/15) que regulamenta a utilização de radares fixos e móveis nas rodovias e áreas urbanas.
A proposta proíbe a utilização de radares móveis dentro dos veículos do Detran em áreas urbanas ou rurais. No caso dos radares fixos, o órgão de trânsito deverá colocar sinalização informando a existência da fiscalização e a velocidade da via.
A relatora na comissão, deputada Christiane de Souza Yared, do PR do Paraná, apresentou substitutivo alterando a proposta original que proibia a utilização do radar móvel. Pelo substitutivo, o radar móvel poderá ser utilizado nas estradas.
A deputada alertou para os riscos que o excesso de velocidade representa tanto dentro quanto fora das cidades.
"Nós precisamos punir quem tem que ser punido e tem que mudar comportamento. Você que tem mania de correr e achar que está sozinho, você não está. O trânsito é de todos e é para todos; nós convivemos em sociedade. É necessário que as pessoas respeitem principalmente os limites de velocidade."
A Organização Mundial da Saúde realizou um estudo que demonstrou que o aumento da velocidade em 1 km/h aumenta em 3% o risco de uma colisão produzir lesões. Para os ocupantes de um automóvel, o impacto de uma batida a uma velocidade de 80 km/h torna a possibilidade de morte 20 vezes maior que a uma velocidade de 30 km/h.
Em relação aos pedestres, o estudo mostrou que a chance de sobrevivência a um atropelamento é de 90% se o veículo estiver numa velocidade inferior a 30km/h. Mas no caso da velocidade do veículo ser superior a 45km/h, as chances de sobrevivência do pedestre caem para menos de 50%.
A proposta que regulamenta o uso de radares móveis e fixos em áreas urbanas e rodovias ainda vai ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça.
Reportagem - Karla Alessandra


FONTE http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/RADIOAGENCIA/536816-COMISSAO-APROVA-PROPOSTA-QUE-REGULAMENTA-USO-DE-RADARES-FIXOS-E-MOVEIS-EM-RODOVIAS-E-AREAS-URBANAS.html

Comissão aprova proposta que regulamenta uso de radares fixos e móveis em rodovias e áreas urbanas

Comissão aprova proposta que regulamenta uso de radares fixos e móveis em rodovias e áreas urbanas

Proposta ainda vai ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça
A Comissão de Viação e Transportes da Câmara aprovou proposta (PL 3340/15) que regulamenta a utilização de radares fixos e móveis nas rodovias e áreas urbanas.
A proposta proíbe a utilização de radares móveis dentro dos veículos do Detran em áreas urbanas ou rurais. No caso dos radares fixos, o órgão de trânsito deverá colocar sinalização informando a existência da fiscalização e a velocidade da via.
A relatora na comissão, deputada Christiane de Souza Yared, do PR do Paraná, apresentou substitutivo alterando a proposta original que proibia a utilização do radar móvel. Pelo substitutivo, o radar móvel poderá ser utilizado nas estradas.
A deputada alertou para os riscos que o excesso de velocidade representa tanto dentro quanto fora das cidades.
"Nós precisamos punir quem tem que ser punido e tem que mudar comportamento. Você que tem mania de correr e achar que está sozinho, você não está. O trânsito é de todos e é para todos; nós convivemos em sociedade. É necessário que as pessoas respeitem principalmente os limites de velocidade."
A Organização Mundial da Saúde realizou um estudo que demonstrou que o aumento da velocidade em 1 km/h aumenta em 3% o risco de uma colisão produzir lesões. Para os ocupantes de um automóvel, o impacto de uma batida a uma velocidade de 80 km/h torna a possibilidade de morte 20 vezes maior que a uma velocidade de 30 km/h.
Em relação aos pedestres, o estudo mostrou que a chance de sobrevivência a um atropelamento é de 90% se o veículo estiver numa velocidade inferior a 30km/h. Mas no caso da velocidade do veículo ser superior a 45km/h, as chances de sobrevivência do pedestre caem para menos de 50%.
A proposta que regulamenta o uso de radares móveis e fixos em áreas urbanas e rodovias ainda vai ser analisada pela Comissão de Constituição e Justiça.
Reportagem - Karla Alessandra
FONTE http://www2.camara.leg.br/camaranoticias/radio/materias/RADIOAGENCIA/536816-COMISSAO-APROVA-PROPOSTA-QUE-REGULAMENTA-USO-DE-RADARES-FIXOS-E-MOVEIS-EM-RODOVIAS-E-AREAS-URBANAS.html  

SETE PONTOS + MULTA

Manusear o celular é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e inserção de sete pontos no prontuário do motorista.

Manusear o celular é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e inserção de sete pontos no prontuário do motorista.

Prática ilegal
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) permite o uso do dispositivo apenas quando o veículo estiver estacionado, com o motor desligado. Está liberado também se o telefone for usado na função GPS, desde que esteja fixado no para-brisa ou no painel dianteiro, em suporte adequado.
Multa
A legislação federal ainda considera que falar ao celular enquanto dirige é infração média, punida com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na habilitação.
Já conduzir com apenas uma das mãos por segurar ou manusear o celular é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e inserção de sete pontos no prontuário do motorista.
Em 2016, o total de multas aplicadas por uso de celular no Estado foi de 101.388, soma apenas das infrações registradas em perímetro urbano pela Polícia Militar em nome do Detran.SP.

NÃO USE O CELULAR AO DIRIGIR.

Prática ilegal
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) permite o uso do dispositivo apenas quando o veículo estiver estacionado, com o motor desligado. Está liberado também se o telefone for usado na função GPS, desde que esteja fixado no para-brisa ou no painel dianteiro, em suporte adequado.
Multa
A legislação federal ainda considera que falar ao celular enquanto dirige é infração média, punida com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na habilitação.
Já conduzir com apenas uma das mãos por segurar ou manusear o celular é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e inserção de sete pontos no prontuário do motorista.
Em 2016, o total de multas aplicadas por uso de celular no Estado foi de 101.388, soma apenas das infrações registradas em perímetro urbano pela Polícia Militar em nome do Detran.SP.

ATENÇÃO AO DIRIGIR!


CELULAR - NÃO ATENDER!


Prática ilegal
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) permite o uso do dispositivo apenas quando o veículo estiver estacionado, com o motor desligado. Está liberado também se o telefone for usado na função GPS, desde que esteja fixado no para-brisa ou no painel dianteiro, em suporte adequado.
Multa
A legislação federal ainda considera que falar ao celular enquanto dirige é infração média, punida com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na habilitação.
Já conduzir com apenas uma das mãos por segurar ou manusear o celular é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e inserção de sete pontos no prontuário do motorista.
Em 2016, o total de multas aplicadas por uso de celular no Estado foi de 101.388, soma apenas das infrações registradas em perímetro urbano pela Polícia Militar em nome do Detran.SP.

DESLIGUE O CELULAR PARA DIRIGIR, PROTEJA VIDAS!

94% dos acidentes com mortes são causados por falha humana, como imprudência e distração, de acordo com levantamento do Infosiga SP, banco de dados do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito.
O diretor-presidente do Detran.SP, Maxwell Vieira, aconselha a deixar o telefone de lado “na hora de dirigir. Temos que nos conscientizar de que com a mudança de comportamento salvamos vidas”.
A imprudência no trânsito é global. Estudo de 2015 realizado pelo American Automobile Association Foundation for Traffic Safety aponta que ao usar o celular o motorista fica em média quatro segundos sem olhar para a via. A uma velocidade de 90 km por hora, esse tempo é suficiente para percorrer um espaço equivalente a um campo de futebol.
Prática ilegal
O Código de Trânsito Brasileiro (CTB) permite o uso do dispositivo apenas quando o veículo estiver estacionado, com o motor desligado. Está liberado também se o telefone for usado na função GPS, desde que esteja fixado no para-brisa ou no painel dianteiro, em suporte adequado.
Multa
A legislação federal ainda considera que falar ao celular enquanto dirige é infração média, punida com multa de R$ 85,13 e quatro pontos na habilitação.
Já conduzir com apenas uma das mãos por segurar ou manusear o celular é uma infração gravíssima, com multa de R$ 293,47 e inserção de sete pontos no prontuário do motorista.
Em 2016, o total de multas aplicadas por uso de celular no Estado foi de 101.388, soma apenas das infrações registradas em perímetro urbano pela Polícia Militar em nome do Detran.SP.

CFC MODELO INDAIATUBA/SP AUTOESCOLA (19) 3935-8110: AGOSTO – CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE USO DO ...

CFC MODELO INDAIATUBA/SP AUTOESCOLA (19) 3935-8110: AGOSTO – CAMPANHA DE CONSCIENTIZAÇÃO SOBRE USO DO ...

CFC MODELO INDAIATUBA/SP AUTOESCOLA (19) 3935-8110: Campanha #FocaNoTrânsito alerta sobre uso de celul...

CFC MODELO INDAIATUBA/SP AUTOESCOLA (19) 3935-8110: Campanha #FocaNoTrânsito alerta sobre uso de celul...: Campanha #FocaNoTrânsito alerta sobre uso de celular ao voltante Levantamento aponta que 94% dos acidentes com vítimas fatais são caus...